Skip links

Vitamina C: muito mais poderosa do que imagina

Se você é daquelas que só se lembra da vitamina C quando está pressentindo um resfriado, prepara-se para se surpreender e para mudar este hábito. Recentemente, a revista americana científica Thorax publicou estudos que comprovam que o ácido ascórbico previne o desenvolvimento de tumores e de problemas cardiovasculares.

As propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes do micronutriente possibilitam mais do que o fortalecimento dos sistemas de defesa do corpo, como pensa a maioria. Assim sendo, a vitamina C evita, por exemplo, a oxidação do LDL, o chamado colesterol ruim, que se acumula nas paredes dos vasos sanguíneos, provocando o entupimento deles e, por conseguinte, uma série de complicações à nossa saúde. Maior circulação de ácido ascórbico no sangue, garantem pesquisas, reduz em 42% a possibilidade de se enfrentar um derrame.

Já o contrário, segundo estudos realizados na Universidade de Nottingham, na Inglaterra, eleva em 12% o riscos de asma. Vale lembrar ainda que a vitamina C, mais encontrada em frutas como a acerola, o caju e a goiaba – bastando uma unidade de qualquer uma delas para suprirmos a necessidade do nosso organismo – também ajuda a retardar o envelhecimento.